Uma conversa de pessoas de narizes vermelhos com outros dois seres humanos

Uma canção de amor
fevereiro 19, 2020
Exibir tudo

Uma conversa de pessoas de narizes vermelhos com outros dois seres humanos

Eu e a Dra. Pipoca, estávamos visitando a ala “Edgard Cajado” na Santa Casa de Ribeirão Preto. Em determinado quarto, tinha a senhorinha (paciente – Dona Olivia) e seu marido de acompanhante (Sr. Francisco). Ambos já bem de idade. O quarto não estava requerendo nenhuma brincadeira, apenas uma conversa de pessoas de narizes vermelhos com outros dois seres humanos (paciente e acompanhante). A conversa fluiu, com eles nos contando sobre a família, valores de companheirismo e entre outros, cuja paciente estava com saudades do seu bisneto. Nesse momento, a paciente olha para os nossos olhos e diz: “Eu estava tão chateada, mas com a chegada de vocês, minha dor aliviou.” Agrademos as boas palavras e conclui que: Ser Feliz Transforma!. E assim são todos os doutores palhaços, felizes e transformadores, ou seja, transformando pequenos momentos de dor em sua amenização.

– DR. XAPLIN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *